terça-feira, 31 de março de 2015

A malha do corredor!




Boas!

Sou fã de Iron Maiden! Não é bem desde pequenino, mas este gosto já vem desde os tempos em que corria nas camadas jovens. Esta não é uma banda consensual mesmo para quem gosta de rock mais pesado... uns apreciam, outros não...mas gostos não se discutem, não é verdade?

Mas o que me leva a escrever aqui sobre esses ingleses cabeludos, é uma das músicas que eu ouvia quando buscava aquela motivação para aquele treino, aquela prova, naquele dia que não apetecia... e estava mau tempo, etc,... haviam outras, mas esta ia mesmo direitinha ao sentimento da corrida!
Alguns vão ler a letra desta música e vão reconhecer que afinal aqueles tipos cabeludos e metaleiros até sabem umas coisas sobre o sentimento de quem corre!

A malha em particular é  "The loneliness of a long distance runner"  (Youtube) de um album de 1986, para a qual dediquei uns minutos a traduzir no Google Tradutor e a aperfeiçoar a tradução abrasileirada... :)
Aí vai:

"A dureza do percurso,
E com o vento,
E a chuva que bate nas costas.
O teu coração a bater alto
E cada vez mais alto
Tão alto até que o som
É sentido na tua cabeça,
E com cada passo que tu pisas,
E a cada respiração,
Afirmas a tua determinação.
Tu corres,
Nunca pares,
Precisas vencer, precisas correr até cair,
Manter o ritmo,
Segurar a corrida,
A tua mente está a ficar mais clara,
Estás a metade do caminho, mas as milhas
Apenas parecem nunca acabar
Como se você estivesse em um sonho,
Sem chegar a lugar nenhum.
Parece tão fútil.

Corre, mais e mais,
Corre, mais e mais,
A solidão do corredor de longa distância.

Eu tenho que continuar a correr o percurso,
Eu tenho que continuar a correr e vencer a qualquer custo,
Eu tenho que continuar, ser forte,
Tenho de ser tão determinado e empurrar-me a mim próprio.
Correr sobre obstáculos, através dos campos,
Virar para olhar para ver quem está em seus calcanhares.
Muito para além do campo de visão,
A linha vai-se aproximando, mas será que
Você quer a glória que se vai,
Você chega na reta final,
Os ideais são apenas uma linha,
Onde tu sentes como um abandonar a corrida,
É tudo tão fútil.

Corre, mais e mais,
Corre, mais e mais,
A solidão do corredor de longa distância."

E esta hein? Então que tal? :)

Up the Irons!

 

Novamente a Treinar, por Lisboa!

Boas! Se há coisa que eu gosto é mesmo do nome deste blogue! Mais adequado não há! Cada treino, prova ou atividade é sempre um retorno,...