terça-feira, 29 de janeiro de 2013

domingo, 27 de janeiro de 2013

Duatlo do Jamor 27-01-2013 " O Tulicreme"


Hoje no Jamor, só estando lá para ver a adversidade com que todos os participantes se depararam no percurso da prova do Duatlo BTT.
Embora a prova seja de 5 kms Corrida+ 14,5 kms BTT+ 2,5 kms Corrida, o que me vai ficar na memória é a parte do BTT. Sem dúvida!!!

Cheguei ao Jamor atempadamente e tratei do dorsal e de preparar o material para colocar na zona de transição. Tudo isto à chuva! O Windguru dava chuva até às 10h00 e acertou em cheio! Felizmente a chuva parou durante a prova...
Já com os pés molhados antes de correr, andei por ali na companhia dos amigos Papatrilhos e de um ou outro companheiro de corrida e btt. Olhando para a paisagem já dava para ver que os trilhos deviam estar bastante enlameados... e como costumo ir no meio do pelotão, já adivinhava que a coisa iria ficar bem mais "mastigada" para nós, que vamos lá atrás!
A corrida correu-me mais ou menos bem, pois já fiz 5 kms mais rápidos em treino, mas melhorei o tempo do ano passado. Hoje não estava a sentir-me especialmente em forma...

No BTT, ora bem, logo depois da transição subimos à esquerda do Estádio Nacional e a lama marcou logo presença e ainda por cima a subir. Era a subir e a escorregar em algumas zonas o que tornava a ascensão mais difícil. Em relação ao ano passado, andei 5 ou 6 vezes mais tempo com a bicicleta à mão, pois a prova é longa e resguardei-me do excesso de esforço. Em alguns locais era mesmo impossível subir aquilo no estado em que estava. Talvez os primeiros que por lá passaram o conseguiram, mas aquela malta... são uns cavalos! Admiro bastante estes atletas que fazem aquilo com uma perna às costas! Grandes atletas!
A dada altura pensei em desistir... coisa que nunca fiz numa prova... nem nos tempos em que corria quando era mais novo. Aquele sentimento de parar esteve ali a marinar, a marinar, mas passou! Fui  andando e pedalando e acabei por completar a prova.
Do lado do Jamor encostado a Linda-a-velha, as coisas ainda estavam piores... a lama parecia Tulicreme. Eu até sou fã do Tuli desde pequenino mas aquilo era demais. Houve uma altura em que me comecei a rir sozinho daquilo tudo. Granda Totó, que é que andas aqui a fazer no meio desta pasta? Pensei eu!
Entretanto, mais Tulicreme a subir, a descer, foi  um fartote do creme! A descer ainda a coisa ia... parecia que estava a surfar, wooohhoooooo! Haviam subidas em que levava a bike à mão e a única maneira de os sapatos de BTT agarrarem ao chão era se fosse pelas ervas na berma. Muito duro!
Lá fui mastigando os kms até à zona de transição e finalmente voltei a calçar os ténis de corrida. Tal como no ano passado, esta parte custa sempre um bocado, pois é uma transição difícil.
As pernas não queriam correr, mas lá as convenci e levaram-me durante os últimos 2,5 kms.

A minha "espanhola" como eu a apelido, ficou assim:
Tadita!!!
Foi valente e aguentou sem avarias e sem queixas!






Para a história fica um 309º na geral, e um 23º lugar entre os Veteranos 2 com um tempo de 1h41m18s.
Foi um bom treino sem dúvida!

Para o ano que vem lá estarei outra vez com ou sem Tulicreme! Mas desta vez levo o pão...

Hasta

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Duatlo à porta...

A dois dias do Duatlo do Jamor PorTerra,  já começo a sentir o bichinho da azáfama da prova!

Na 4ªa feira foi dia de pedalar à chuva, durante uma dúzia de kms e na agenda só me resta um treino muuuuito suave de 5 kms de jogging que hoje ainda vou fazer ao final do dia.

Amanhã é dia de preparar a bike, o capacete, os ténis BTT, os desmontas, a bomba dos pneus, a bomba da suspensão e amortecedor, a câmara de ar, o canivete multifunções, as luvas de dedos cortados, o boné de ciclismo para a chuva, o bidon com o líquido maravilha, o gel energético,  os ténis, o comprovativo para levantar o dorsal... (escrevo tudo isto para servir de cábula).

Em relação ao ano passado vou mais descontraído, pois já sei o que me espera, tanto de logística como da prova em si. Na última edição tinha dúvidas sobre calções com ou sem carneira, sobre a camisola ser de ciclista ou não, os acessórios durante a prova, tempo para fazer a transição, de como o corpo iria reagir às transições, se iria rebentar, etc,...
Este ano já conheço os percursos de corrida e BTT e vou mais confiante na corrida e menos no BTT. Os treinos de BTT foram poucos e ainda para mais que o terreno deve estar pesado em alguns locais devido à chuva dos últimos dias, mas é isto o duatlo PorTerra. Se não houver dificuldades não nos lembraremos dele.
Expectativas... aguentar a prova fisicamente e sem avarias, igualando ou melhorando o tempo do ano passado!

No Domingo à noite, se tiver forças para escrever, digo como foi!!!

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Treino de 22 de Janeiro de 2013 - Rápido

Bom, hoje efectuei um treino de 5 kms rápidos, o último dos treinos a "abrir" antes do Duatlo do Jamor. Tenho andado constipado e com uma otite, que me obrigaram a tomar umas bombas de brufene que prejudicam sempre o desempenho. Ainda assim, forcei e fiz um tempo aceitável, mas acabei os 5 kms já bastante cansado.
Para a história ficam 5 kms feitos em 21:44 minutos - 4:21Min/km, com 5 minutos antes e 5 minutos depois feitos a trote!

Hasta

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Treinos de 18 e 20 de Janeiro de 2013

Mais uma dupla jornada de treinos...
Na Sexta-feira voltei a fazer o percurso de 8 kms, em ritmo confortável apesar de ir desconfortável com o raio do impermeável :) .
Registo de 38:58 minutos ou seja 4:49min/km.
Correr com este tipo de equipamento dá-me cabo do juizo, com o constante roça-roça do material e a humidade que se forma por dentro... mas enfim, sem ele e com a chuva que estava seria pior.

No Domingo fiz um treino de BTT, com um percurso variado de alcatrão e mato, com algumas incursões aem terrenos de areia e umas subidas mais lixadas. Pedalei durante 1 hora e meia, e deu para ver que este ano a minha prestação no ciclismo vai ser mais fraca que na corrida. Isto em relação ao ano passado.
Na próxima 4ª feira volto a rolar mais um bocado para recordar novamente aos músculos o que devem fazer no domingo, no Duatlo do Jamor.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Reorganização de objectivos e treinos... 17 de Janeiro de 2013

Agora compreendo a razão de nos darem os panfletos de futuras provas junto à Meta das provas, conosco ainda a produzir suor e com o espírito receptivo a desafios...
Ao me darem um panfleto da meia maratona de Almada no final da São silvestre de Lisboa, aquilo entranhou-se rapidamente como um objectivo atingível e aliciante. É um pouco como as conferências de imprensa dos treinadores do futebol.. é tudo a quente. Blá blá blá vamos a todas e somos os maiores!
 Como à Meia de Almada não poderia ir,  abracei logo a Meia de Lisboa... iniciando até um plano de treinos para o efeito, que incluia alguns treinos de longa duração aos quais torci o nariz. Mas o entusiasmo foi desvanescendo... pois eu é mais curtas e boas!
Isto tudo para dizer o quê?... que a minha intenção de participar na Meia de Lisboa deverá ficar arquivada até próxima oportunidade, para quando me ache mesmo preparado e motivado para aquilo.
Posto isto, escolhi as próximas provas:
27 de Janeiro - Duatlo BTT do Jamor
24 de Fevereiro - GP Atlântico na Costa da Caparica
Quanto aos treinos... como dia 27 tenho já a participação no Duatlo Btt do Jamor, apertei o ritmo esta semana, para na semana que vem abrandar!
Dia 15 efectuei um treino rápido de 8.1 kms, cumpridos em 37:39 minutos (4:39/km) e senti-me bem e leve. O treino na praia contra o vento deu os seus frutos. 
Hasta 

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Duatlo Jamor 2013


Após alguma indefinição sobre as próximas provas em que iria participar, escolhi o próximo desafio:




Objectivo: Participar e acabar, tentando fazer melhor tempo que o ano passado!
Este último ano não tenho feito muitos kms de bicicleta, mas como se diz que andar de bicicleta nunca se esquece... vamos ver!
Este ano sinto-me mais forte na corrida. É preciso é tranquilidade... :)

domingo, 13 de janeiro de 2013

Treino duro na praia - 13 de Janeiro de 2012

Para hoje estava planeada uma corrida pela Caparica e aproveitando o facto de a maré estar vazia, a ideia era efectuar uma corrida pela areia da praia, num percurso de ida e volta, com a duração de uma hora sensivelmente. Foi planeada e feita! Mais um passo dado na preparação na Meia-maratona de Lisboa.
No dia anterior já o tempo tinha começado a "variar" apresentando em algumas alturas, chuva e um pequeno arrefecimento. Pois bem, o pior viria hoje, pois aliadas às anteriores condições vinham também rajadas de vento que quase eram capazes de mandar um tipo ao chão...
Adivinhava-se um treino difícil! Bem difícil!
Chegados ao ponto de encontro, estavam prontos: eu, o Nuno Almeida, o Carlos Lopes, o Nuno Moreira, o António Rato, e ainda os estreantes Nuno Morato e o Ricardo Ferreira, nestas andanças conosco! E que estreia para o Ricardo, portou-se bem e mostrou boa preparação! Temos atleta! O Nuno Mourato merece também um louvor por se ter apresentado com boa disposição, mesmo sabendo à partida que não iria correr muito tempo conosco!
Saímos do paredão a ritmo de jogging e em direcção a Sul, e logo com alguma chuva a temperar o início do treino! Nessa altura o vento soprava de feição e empurrava-nos!
Desta vez, de uma forma natural, os ritmos foram estabelecidos muito cedo, e os diferentes andamentos separaram a malta em grupinhos de 2 ou 3 como as cerejas, logo no primeiro kilometro.
Para Sul as coisas correram bem e não há nada de especial a relatar, mas ao fim de 30 minutos e ao voltar para Norte, as coisas complicaram-se! Que senhora ventania!  Foram cerca de 26 minutos a lutar contra o vento, que mais parecia que íamos a subir para conquistar algum castelo! Nessa altura já só íamos eu, o Nuno Almeida e o Ricardo, a lutar, a lutar, e este treino, difícil, mas que todos recordarão um dia, há-de dar os seus frutos. Foi difícil para nós à frente e para os que vinham mais atrás! Os próximos treinos vão-nos parecer coisa para meninos, tenho a certeza!
Terminei o treino numa fase em que começava a sentir algumas dificuldades. O vento e o correr na areia fizeram mossa! O Ricardo, esse, dava a impressão que correria mais uns bons kms... gostei de ver!
Depois do treino fizemos alguns alongamentos e ainda houve tempo para dois dedos de conversa, habitual entre este pessoal.
Obrigado a todos por me terem acompanhado neste desafio! Sozinho haveria de ser mais difícil!
Para o registo, ficam 9500 metros percorridos em 56:12 minutos!

domingo, 6 de janeiro de 2013

Treino de 6 de Janeiro de 2013 - 60 minutos trail/catrão

Para hoje tinha planeado ir apanhar umas ondas, mas como tive informação de que o mar estava com bom aspecto, mas com as ondas a fechar um bocado, troquei o surf pela corrida, evitando a trabalheira de preparar o material para a surfada... cada vez mais vai-me faltando a "pica" para aquilo! Talvez com a Primavera esse entusiasmo volte!
Como no surf iria dar ao cabedal e ficar empenado para o resto do dia, o treino de corrida haveria de ter equivalência no que respeita ao esforço e energia despendida!
Assim, decidi fazer uma hora de corrida no sentido de melhorar a capacidade aeróbica.
Percorri 11,2 kms em 1 hora, a 5:20 ao km.
O percurso escolhido teve 50 % de terra e 50 % de asfalto.  A primeira parte, tipo trail teve meia-dúzia de troços com areia solta, 2 subidas íngremes, com uma delas com cerca de 25 metros a 45º de inclinação, que me deitou um bocado abaixo, e obrigou a baixar o ritmo durante 1 ou 2 minutos, para recuperar. Depois, apareceu o árabe al-catran que me deixou normalizar o rtimo para a meia hora final!

Esta semana inicio a preparação para a Meia-maratona de Lisboa EDP, em que estou a ponderar participar. O treinador do Asics já me preparou um plano de treinos terrível, para mim que estou habituado a corridas mais curtas!

Hasta

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Ano novo e vida nova... será? Mais 2 treinos para começar!

No início do ano passado esta máxima de "ano novo e vida nova" aplicaria-se de certeza!
Mesmo sem eu o saber!
Foi um ano em que não adivinhava a minha retoma aos os treinos de corrida regulares, pois tinha por  objectivo inicial apenas a preparação dessa vertente para participar no Duatlo Btt do Jamor, no final de Janeiro.
Mas o bichinho que estava à espreita picou a sério e o vício de correr entranhou-se!
Durante o ano de 2012 efectuei muitos treinos, cerca de 1000 kms percorridos a correr e participei em diversas provas que até hà bem pouco tempo acompanhava pela RTP2, aos Sábados à tarde. Não me imaginava a faze-las.
Para 2013 vamos a ver o que me vai sair na rifa! O futuro o dirá... e haja saúde!

Para iniciar o ano em "modo recuperação" da São Silvestre de Lisboa, estive 3 dias parado após essa prova e retomei a actividade com dois treinos rolantes pelos lados de Fernão Ferro, de 5 e 8 kms cada, com médias iguais de 5:02 ao Km. Este parece ser o meu andamento de treino confortável. Já me sai automaticamente :)
Já iniciei outra fase de treinos com um novo plano e tendo em vista uma participação no próximo GP do Atlântico na Costa da Caparica, uma prova com 10 kms, a 24 de Fevereiro.

O Duatlo do Jamor também está na forja, logo se vê!

Hasta!

No Natal fui ao baú!

Boas! Um Natal passado na casa dos pais dá nisto... um visita ao acervo fotográfico e uns achados inesperados! No meio dos álbuns de fot...