domingo, 22 de setembro de 2013

Meo Urban Trail 2013

Trilho Urbano feito!
Afinal o empeno até não foi assim tão grande... foi só um empenozinho!

Dia 21 de Setembro, à hora marcada, mas coisa menos coisa, os corre@correr apresentaram-se no ponto de encontro, para juntos atacarem as colinas de Lisboa nesta animada prova noturna!
A boa disposição estava latente e todos estavam em pulgas para o início da prova. No período de espera a malta verificou as suas lanternas, brincou aos pisca-piscas, tirou umas fotos e disfrutou do ambiente.
O bloco de partida com tons fluorescentes, foi-se compondo, com uma pequena mancha azul no meio, e estava tudo animado, com a música disco, com os gritos dos mais impacientes, com os vôos do quadricopter telecomandado, com o Kapinha a puxar pela malta de micro na mão, enfim, melhor animação seria difícil!

O nosso grupo manteve-se coeso até que a partida foi dada e com o desenrolar da prova iria naturalmente separar-se! O Ricardo, esse, foi logo lá para a frente para se bater com os primeiros lugares! Ainda mordeu os calcanhares ao Carlos Sá:)
38º lugar... MUITA BOM! E começou os treinos há 2 ou 3 semanas. Este rapaz é um craque!

A prova foi decorrendo e começaram a aparecer as ditas subidas e descidas, com umas mais apertadas que outras, que foram emagrecendo o pelotão! Alguns pontos de passagem poderiam ter sido evitados, de tão estreitos que eram obrigavam a malta a parar e a andar, mas enfim...
Pessoalmente fui gerindo a minha prova, pois vindo de lesão e férias não sabia como é que o físico iria reagir. Senti-me bem, felizmente consegui cumprir a prova sem grandes percalços.
A meio da prova, sensivelmente à saída do Martim Moniz apanhámos uma subida onde deixei de ter a companhia do Nuno Almeida, e passei a ir sozinho por entre a multidão.
A prova foi sendo feita com muitas subidas de escadas feitas a andar, descidas feitas de braços abertos para equilibrar, radar ligado para evitar torcer pés nos paralelipípedos do Castelo, enfim, um rol de pormenores técnicos dignos de um trail... urbano!
No final, ainda consegui encher o peito e passar orgulhoso por entre o imenso público na baixa lisboeta, e passar o Arco da Rua Augusta  e a Meta, sentindo que ainda faria mais um ou dois kms, caso estes  fossem planos!!!
No final, havia alguns GPS que não marcavam os 12 kms e apenas 10 e qualquer coisa. A mim pareceram-me 12... ou mais!

O grupo corre@correr teve as seguintes classificações:
38º Ricardo Ferreira 47:19
536º Luis Estêvão 1:02:03
896º Nuno Almeida 1:09:24
974º Hugo Ratinho 1:11:33
1111º Nuno Simões 1:14:38
1115ª Sofia Silva 1:14:47
1116º Carlos Lopes 1:14:49

Estão todos de parabéns pela prova superada e esta não era uma prova fácil!

Novamente a Treinar, por Lisboa!

Boas! Se há coisa que eu gosto é mesmo do nome deste blogue! Mais adequado não há! Cada treino, prova ou atividade é sempre um retorno,...