Treino no Monsanto com os corre@correr - 24 de Novembro de 2013

Esta semana, no que respeita a treinos, fiz apenas 3 sessões, incluindo a de hoje no Monsanto.
O início da semana foi complicado! A Corrida do Monge deixou marcas e na 2ª e 3ª feira passei por uma fase "geriátrica", em que descer escadas era um sofrimento para mim. Tanta dor nas pernas...
Assim, depois de correr 5 km na 4ª feira e 13,5km na 5ª feira, hoje foi dia de correr no Monsanto!
Durante a semana,  a ideia de ir para a mata do Monsanto surgiu numa conversa entre mim e o Ricardo, que queria treinar algo do género trail, talvez por ainda estar entusiasmado com o Monge. Propus Monsanto e ficou assente! Lancei o desafio ao resto do grupo, e a malta aderiu! Parece que a febre do Trail está a pegar! Bora lá!!!!

Levantei-me cedo, e o frio apertava... A geada ainda dormia nas ervas e nas pedras quando fui passear o canídeo!
Adivinhando que o carro iria ter gelo, fui preparado com um bidon de água para descongelar o carro que tinha uma bela camada de gelo nos vidros. Dizem que as próximas noites vão ser idênticas... tenho de ter o bidon à mão! :)
Pelos parágrafos anteriores já dá para ver  o frio que estava hoje de manhã!

Chegado ao Monsanto, lá me encontrei com alguns companheiros da equipa, e no total fomos sete os que não tiveram medo do frio!
O treino no Monsanto iria ser do género de trail, com algumas subidas e descidas, singletracks, pedras, raízes, alguma lama e muito verde! A mata estava luxuriosa, com o habitual contraste verde/castanho desta época do ano e com muitos bttistas, como habitual!
Resumindo o percurso, saímos dos pupilos em direcção ao Parque do Calhau, depois passámos junto ao Bairro da Serafina, Pedreiras, subida até ao restaurante monte Verde, Prisão, Pina Manique, Mata de São Domingos e Pupilos!
O ponto mais difícil do treino foi subir o estradão paralelo à Av. Duarte Pacheco, que tem cerca de 1 km, mas treino de montanha é assim mesmo, tem de se suar!
Pelo meio disto tudo, a malta portou-se bem, tentando adequar os andamentos dos mais rápidos e dos mais lentos, tentando não cair nos caminhos mais técnicos, e para alguns isto era novidade, mas tudo correu bem, sem problemas.
Perto dos 7/8 km ainda deu direito a que me enganasse no percurso, mas acho que valeu a pena dado o singletrack que fizemos, muito sinuoso e bonito, muito embora isso obrigasse a percorrer um pouco de estrada para retomar o caminho planeado! O Pessoal não se queixou do facto, pois também não conheciam o percurso e pensaram que era mesmo assim, eh eh eh!
No final, os gingarelhos de GPS da malta acusavam uma distância percorrida de 13,5 km em 1h39m!
Hoje, segundo o meu plano de treinos deveria ter feito um treino longo de 18 kms... e baldei-me! Ou talvez não... pois 1 hora e 39 minutos a correr pode ser considerado longo...  :)
De salientar o espírito de convívio da malta, sempre bem disposta e com vontade de fazer caminho!
Obrigado pela companhia aos companheiros António Rato, Nuno Almeida, Ricardo Lopes, Ricardo Ferreira, Carlos Lopes e Hugo Ratinho!

Hasta

Sem comentários:

Enviar um comentário

Passeio noturno Papatrilhos By Night 2017 - video

Boas, Mais um ano e mais uma participação no Papatrilhos By Night. É um passeio fixe e tal, que passa pela Serra da Arrábida, mas...