segunda-feira, 28 de abril de 2014

2ª Meia Maratona de Almada 2014 , o rescaldo!

Boas,

Está feita!
Está cumprido o objectivo de participar na Meia Maratona de Almada, e correr na terra que me viu crescer.

A prova tem um percurso engraçado, com passagem pelo Arsenal do Alfeite, onde podemos observar de perto as docas onde estão ancorados os navios de guerra portugueses e percorrer as ruas de Almada, com algum público a incentivar. Dá um certo gozo correr em locais que conhecemos como a palma das mãos e onde temos inúmeras histórias.

O percurso é engraçado... mas duro, com algumas subidas e com a principal de Cacilhas até ao Pragal, num total de ca. 2 km.
Outros aspectos do percurso são chatos de se fazer, com saídas da linha para fazer 2 km e voltar ao percurso normal, parecendo "hérnias" que só servem para o estender e perfazer os 21097,5 metros. Com alguma imaginação poderiam incluir outras ruas e evitar esses anexos. A Meta também está colocada no final de uma subida, o que não lembra a niguém... Resumindo, esta não é uma prova rápida e rolante!

O dia esteve primaveril, com indícios de verão e a temperatura fez alguma mossa nos participantes e pessoalmente afectou-me bastante. A partida poderia ser antecipada para uma hora mais fresca, pois a prova começou às 10h30, e acabando depois das 12h00 para a maioria dos participantes!

No resto a organização esteve bem! Na partida houve um aquecimento promovido pela organização, com monitores de ginástica que não se cansaram de puxar pelo pessoal ao som dos sucessos musicais do momento, elevando-lhes a moral. Não faltou nada nos abastecimentos, houve bastante água e isotónico e até bananas, com o pessoal de apoio bastante simpático a incentivar os participantes.

Posto isto...

A prova não me correu bem!
A estratégia falhou, o entusiasmo inicial levou-me a andar depressa na primeira parte da prova e depois paguei a factura, sem direito a sorteio do Audi!
Ao 9º km ia com 38:45 minutos e ao verificar isso pensei que já tinha feito "caca"... não devia ter andado tão depressa na primeira metade e ainda por cima era a altura da prova em que começava a famigerada subida para Almada! Ao terminar essa subida quebrei bastante e aos 15 km bati no muro! O último quarto da prova foi a aguentar uma passada que desse para acabar sem ir a andar! Foi um período muito mau e o calor não ajudava nada.

No final, o cronómetro marcava 1:40:50H, que era mais ou menos o tempo que tinha traçado inicialmente, embora tivesse um desejo de fazer um tempo inferior, mesmo sem a "lebre Ricardo"!
Vivendo e aprendendo! Numa próxima tenho de ter mais cuidado com os andamentos, afinal, esta foi a minha 3ª meia maratona.

À tarde ainda dei uma volta de bicicleta e nem me custou a pedalar, o que prova que a preparação estava feita mas foi mal aplicada, até porque hoje nem tenho dores nas pernas...

Agora venha a próxima, já no próximo fim de semana, com a fabulosa distância de 1609 metros na XXII Milha do Seixal. Dizem que os últimos 9 metros é que doem :)

Hasta


Novamente a Treinar, por Lisboa!

Boas! Se há coisa que eu gosto é mesmo do nome deste blogue! Mais adequado não há! Cada treino, prova ou atividade é sempre um retorno,...