segunda-feira, 23 de junho de 2014

Downhill da Volkswagen - 22.06.2014



Boas!

A última prova desta época está feita! Bem... não será ainda a última, mas já lá vamos!

Ontem foi dia de correr e de participar na Corrida VW, naquela que é uma prova talismã para mim, pois foi o evento do recomeço das minhas corridas. Enquanto organizarem esta prova e eu me sentir bem, lá estarei!
Ao chegar a Palmela, uns pinguitos de chuva foram ameaçando cair, mas não passou disso, e não houve chuva até ao final. Estava uma temperatura fresca, boa para correr. A essa hora chovia torrencialmente na Autoeuropa, disseram-me na chegada!

A partida deste ano foi dada no Castelo de Palmela, e os castelos, como toda a gente sabe, foram feitos lá em cima, no monte, para disparar setas e lançar calhauzada nos invasores. Como tal, o 1º km da prova foi sempre a descer , com uma inclinação considerável e algo perigosa.Ainda presenciei um participante no vai não vai para cair, mas lá se aguentou e ainda bem, senão outros cairiam com ele!
Posicionei-me lá atrás no pelotão e parti nas calmas! Mesmo a travar na descida, percorri o 1º km em 5:16 min/km! Correr mais depressa era inevitável!
Daí para a Quinta do Anjo fui aumentando o ritmo, embalado pelo pelotão e pela leve inclinação do terreno, chegando aos 5 km em 23:10 minutos, mesmo sem forçar o andamento. Ia passando a malta, a prova ia correndo bem, a temperatura ia aumentando conforme íamos descendo na altimetria e perto dos 8 km finalmente havia uma subida digna desse nome, que levou alguma malta a queixar-se! Era famosa "subida do carrocel" velha conhecida minha das lides do BTT. Essa subida coincidiu com a entrada na zona mais quente da prova, um género de microclima, mais quente e húmido. Como tinha chovido e estava calor, aquilo parecia Manaus - Brasil :) , e os últimos 4,5 km foram os mais difíceis, custando mais a respirar. Para ultrapassar essas dificuldades meti o gel, e a coisa lá foi indo!
Na chegada ao perímetro da fábrica, terminaram as descidas e reparei em alguns participantes que queimaram os últimos cartuchos, lançando-se a ritmos altos para terminar forte,  mas esqueceram-se que ainda faltavam 2 km a serem percorridos lá dentro. Deram o berro e voltei a vê-los novamente :)
A passagem pelo interior da fábrica é sempre engraçada, embora já não seja novidade, mas atenua a distância, distraindo-nos do cansaço.
No final cortei a meta em 57:31 (chip) cumprindo o objectivo pessoal de fazer esta prova em menos de 1 hora.

Já depois da meta, a habitual animação na zona, com os ginásios a promoverem aulas de aeróbica, zumba na caneca, spinning, etc...
Também havia a feira, com mostras de tecnologia, promoção de testes de saúde, entretenimento para os mais novos, entre outros!
Trouxe muitos brindes para casa, desde lápis, canetas, bidons térmicos de água, flores, funis de reciclagem, mini-estojos de ferramentas, pastas de dentes fruta, gelados... um saco cheio!
Por tudo isto, resta-me dar os parabéns à organização... por tudo ter corrido pelo melhor! Na prova, haviam muitos escuteiros a indicar o caminho e nos abastecimentos, tudo estava bem sinalizado, havia pessoal simpático na chegada, os abastecimentos foram feitos sem problemas, havia contentores para as garrafas, a feira entreteu os acompanhantes na chegada, enfim, a repetir!
Ponto negativo... que até nem tem a ver com esta prova , há sempre alguns corredores que nos ultrapassam e logo se cruzam à nossa frente obrigando-nos a abrandar para não tropeçarmos nos seus pés, mesmo a meio da prova, com espaço com fartura!
Ontem foram dois... um até pediu desculpa, mas o outro não era nada com ele...
Rapaziada, tomem atenção, eu não abrando! Vocês não vão assim tão depressa... esperem mais uns metros para se meterem à minha frente! Ontem um deles ao fazê-lo ainda roçou no meu sapato de corrida! Vê lá se cais :)

Agora é recuperar desta, que seria a última, mas não o é, pois ainda vou matar saudades de correr em pista no dia 5 de Julho, no Estádio 1º Maio - Inatel. Trata-se de uma prova solidária de 5000 metros, para corredores amadores que desejam experimentar o tartan! Estou em pulgas!
Isto por "culpa" do João Lima, que deu a dica da prova no seu blog. Ontem aproveitei para o cumprimentar antes da partida. É sempre engraçado acompanhar corredores pela net e depois conhecê-los pessoalmente :)

EDITADO: Video da prova no Youtube

Hasta

Novamente a Treinar, por Lisboa!

Boas! Se há coisa que eu gosto é mesmo do nome deste blogue! Mais adequado não há! Cada treino, prova ou atividade é sempre um retorno,...